Você tem uma atitude positiva no seu trabalho?

Você tem uma atitude positiva no seu trabalho?

Se um assessor de imprensa acredita no que escreve e fala provavelmente terá uma atitude positiva no trabalho e um relatório maravilhoso no fim do mês

Já parou para pensar se você tem uma atitude positiva no seu trabalho? Sabia que temos mais facilidade de convencer alguém sobre determinado assunto quando é algo que nos mesmos acreditamos ou de fato fazemos uso?

Vamos a alguns exemplos. Se você, por exemplo, já fez coaching e teve muitos avanços na sua carreira, contará com muita propriedade cada resultado conquistado e recomendará que as pessoas façam – e possivelmente alguns até farão! Na mesma linha, se você é ativista em defesa de animais, vai falar de uma campanha de proteção aos gatos de rua com infinitos argumentos e, sem dúvidas, pessoas próximas acabarão se envolvendo com essa sua mobilização. E assim por diante.

Por outro lado, se você não acha que coaching é um caminho válido para desenvolvimento de pessoas, possivelmente não fará essa sugestão para ninguém. E a mesma coisa vale para a campanha, pode até achar legal essa preocupação com os bichinhos, mas não influenciará doações.

Somos naturalmente assim com tudo. A emoção e envolvimento com cada assunto também se reflete no dia-a-dia de nosso trabalho. E trazendo isso para a realidade das atividades de assessoria de imprensa, se não acreditamos em uma pauta como influenciar positivamente os jornalistas de redação para que entrevistem uma fonte e desenvolvam uma linda matéria com um cliente?

Tenha atitude positiva para cada pauta

Se você é assessor de imprensa, repare nos seus resultados neste fim de mês. Analise criteriosamente as pautas que empacaram ou renderam menos publicações. Qual sua opinião a respeito do tema de cada uma delas? Se você estivesse nos veículos com que você fez follow, você se interessaria por publicar?

O quanto a pauta te convence e o quanto você acredita nela é primordial para persuadir os colegas da redação. Se você não ligar empolgado no follow e estava cumprindo um mero protocolo, acredite: as chances de emplacar aquela matéria maravilhosa diminuem.

É óbvio que assessores de imprensa não concordam com tudo que escrevem em releases e sugerem como pauta para os veículos. Mas faz toda a diferença gostar do que faz e ver sentido no que fala para os jornalistas. Toda pauta tem um aspecto positivo, tenha certeza disso. Clientes não querem divulgar informações negativas de seu trabalho.

Se uma pauta não está fazendo sucesso, busque pensar numa forma interessante de abordar o assunto. Se não achar, converse com o seu cliente. Converse também com jornalistas de redação que tenha mais proximidade, quem sabe descobre como a pauta poderia ser enriquecida. Tenha uma atitude positiva com cada pauta e conte com a Press Manager nessa batalha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}