Suas pautas estão chegando?

Suas pautas estão chegando?

Por que trabalhar apenas com envio de releases, por mais assertivo que seja o mailing, pode ser um tiro no pé: será que suas pautas estão chegando até as redações?

Um dos motivos pelos quais a gente decidiu desbravar esse mercado de mailing é poder ajudar nossos clientes a terem contatos mais assertivos e ampliar os resultados. Ainda assim, o trabalho com contatos de imprensa, nos dias de hoje, é extremamente desafiador e tem alguns detalhes que nos fazem estar sempre em movimento, buscando alternativas. Alguns desses detalhes são:

  1. Mobilidade das redações

A dança das cadeiras nas redações segue cada vez mais agitada. Mudança de nomes, de cargos, de editorias, de endereço de e-mail, são tantas, que nem dá para enumerar todas. E o trabalho de atualização do mailing – que já era altamente estressante – ficou ainda mais espinhoso. A gente tenta aumentar o potencial de atualização, mas ainda sentimos que faltam ingredientes, dos quais sempre estamos em busca. Alguém aí tem dicas?

  1. O famigerado Spam

Não adianta o e-mail que se use, os sistemas estarem atualizados, não usar maiúscula no assunto, não colocar ícones no assunto, usar imagens pequenas ou linkadas para não pesar na mensagem etc etc etc. Muitos dos seus e-mails vão chegar nas caixas de Spam. E aí, o que fazer? Garantir que aquele jornalista que não pode deixar de ver o seu release receba a mensagem é um passo. Do lado de cá, estamos sempre antenados e aperfeiçoando o sistema para garantir que mais pessoas recebam suas sugestões.

  1. Caixa de entrada lotada

Sim, jornalista é disputado e todo mundo sabe disso. Então, dependendo do horário em que seu release for disparado, ele vai passar por alguns crivos e brigar com outros gigantes pelo olhar do jornalista. Do outro lado, fica a dúvida: se não posso olhar todos, quais vou escolher? E é aí que entra o assunto inusitado do e-mail, formas de avisar que é uma exclusiva, que é urgente, que é lindo de viver e muito mais. Ainda assim, não dá para saber. É contar com a sorte e com o follow up.

Essa dúvida sobre o e-mail chegar ou não até o jornalista certo sempre existiu, e por isso mesmo a gente criou a ferramenta de verificação de quem leu, quem clicou na foto, quem baixou a foto. Tudo isso é uma segurança que você tem de que seu release está atingindo o mercado das redações. Estamos aqui aperfeiçoando a cada dia, e contamos com seu feedback para ajudar nesse processo. Enquanto isso, foco na atualização do mailing do lado de cá e foco no follow up assertivo por aí, ok? Estamos juntos nessa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}