Resultado, o maior dilema da divulgação

Resultado, o maior dilema da divulgação

Sabe aquela sensação de trabalhar o mês inteiro e, no final dele, ter a sensação de que o resultado não veio? A gente conhece muito bem! O maior dilema da divulgação é equalizar o tempo e os esforços colocados no trabalho, e os resultados alcançados. Uma tarefa nada fácil, mas que precisa ser feita.

Quem trabalha com divulgação sabe o quanto é estressante lidar com a equação tempo de trabalho x resultados conquistados. Muitas vezes, se trabalha duro o mês inteiro e o relatório simplesmente não fica do jeito que a gente quer, ou do jeito que o cliente espera. Como lidar com o estresse que o trabalho gera e com as expectativas, muitas vezes frustradas? Essa é, talvez, o maior dilema da divulgação, e uma pergunta importante a se fazer, mas não sabemos se há uma resposta exata para ela.

Nós já falamos aqui, algumas vezes, sobre colocar os pés no chão e tentar criar expectativas mais reais. Existem vários motivos para batermos nessa tecla. Alguns deles:

  1. Nem sempre, a informação que o cliente considera perfeita é vista com os mesmos olhos pela imprensa;
  2. A grande imprensa tem cada vez menos espaços e divulgações pontuais são, sim, cada vez mais difíceis de serem feitas pelos grandes veículos, que se atém mais ao que é de interesse do público em geral;
  3. Quem conseguiu espaço para falar de si ou de seus produtos e inovações em um veículo de abrangência nacional, dificilmente será escalado como fonte em outra matéria do mesmo veículo tão cedo. Ou seja, se você alcançou uma das expectativas, já precisa adequar o plano todo. E tudo vai depender do teor da informação;
  4. Follow-up não é chancela de publicação. Há quem acredite que, simplesmente por contratar uma assessoria, tenha garantias de resultados. Não é assim que acontece. Assessoria é trabalho duro e constante, para convencer o jornalista de que a informação vale a matéria. Então, é preciso, como cliente, oferecer a melhor informação e dar espaço para o assessor trabalhar;
  5. No fim das contas, vale sempre rever a resposta para a pergunta: qual o resultado efetivo que o cliente quer com determinada divulgação? Ter essa resposta pode ajudar a construir estratégias mais eficientes.

As mudanças do mercado aconteceram de forma tão rápida e com um volume tão grande nos últimos anos, que a relação entre imprensa, agências e empresas acabou ficando estremecida. De um lado, jornalistas estressados pelo pouco tempo para encontrar boas fontes e construir boas matérias, de outro, assessores estressados pela exigência de resultados em um mercado mutante, e empresas com uma confiança decrescente no serviço de divulgação.

Mas, construir uma boa reputação é um mal necessário. Não adianta fugir dessa necessidade, afinal de contas, se você não conta quem é, muitas vezes, acaba sendo invisível para boa parte do seu mercado consumidor. Por isso, entender as reais necessidades de cada ponta desse mercado é tão importante, para construir planos de comunicação que possam abranger variadas frentes e atingir públicos diversos. Esperar pelos melhores resultados é uma atitude natural, o que não dá pra fazer é se prender a essas expectativas enquanto o mercado muda e oferece novas possibilidades, que podem ser a sua saída estratégica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}