Quer mais clipping? Equilibre suas manobras com as possibilidades reais!

Quer mais clipping? Equilibre suas manobras com as possibilidades reais!

Assessores de imprensa fazem verdadeiras manobras e mágicas para estarem antenados com tudo que está acontecendo e rechear clipping de resultados. Saiba aqui como!

Qualquer semelhança entre assessores de imprensas e mágicos pode não ser mera coincidência. Assessores precisam de conteúdo para emplacarem pautas de seus clientes, porém nem sempre os clientes têm dados suficientes para gerar notícias. Como lidar com essa situação? É aí que começam as mágicas dos assessores de imprensa.

Aparecer na mídia, toda empresa quer. A cobrança por resultados vem de todos os lados. Que assessor nunca ouviu de um cliente que quer uma matéria na televisão no horário nobre ou na capa de um jornal de peso? Pois bem, é nesse cenário que assessores precisam se posicionar e, com clareza, mostrar aos clientes as possibilidades reais de exposição com as cartas que se tem na mão.

E, após deixar claro o que é viável, cabe aos assessores de imprensa encontrarem meios de dar visibilidade à empresa com os dados e as informações disponíveis. O primeiro passo é executar manobras para que um mesmo conteúdo seja interessante para mais de uma editoria. Em uma pode ser a fonte principal e em outra pode ser  um personagem complementar. Todas as frentes precisam ser trabalhadas em conjunto.

Outro passo essencial para ter um clipping o mais recheado é estar sempre no radar dos jornalistas de redação e produtores de televisão. Essa é a grande “mágica” que pode colocar uma marca em evidência. É o famoso networking. Ser ativo em redes sociais e grupos de whatsapp de jornalistas é fundamental hoje em dia.

Estar antenado com as pautas que estão rolando nas suas mídias alvo permite muitas vezes pegar carona em uma pauta que já está em apuração ou mesmo produção. E, para essa estratégia dar certo, é importante ter sempre uma fonte disponível para dar uma entrevista de última hora e uma opinião sobre algum assunto factual.

Por último, uma ação também que pode fazer “mágica” em resultados de assessoria de imprensa é saber quando ocorrem as reuniões de pauta nas redações. Assim como os assessores, os jornalistas de redação também precisam ser criativos para gerar novas sugestões de pautas para os editores. Oferecer a pauta no momento certo é importante. Mandar com antecedência pode fazer com que seja esquecida. Enviar em cima da hora pode ser tarde demais. As palavras de ordem para um clipping recheado de publicações são equilíbrio, criatividade e timing. Pense nisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}