Quais as saídas para um ano de crise?

Quais as saídas para um ano de crise?

A pandemia transformou nosso dia a dia e nos fez buscar saídas para um ano de crise. As saídas existem, mas é preciso manter a mente aberta e contar com as ferramentas certas. Nós temos as duas coisas por aqui!

Quais as saídas para um ano de crise? Certamente, existem alguns comportamentos de mercado que se adequam a todas as empresas. É o caso de estar atento às necessidades de mudança, realizar análises do comportamento de clientes para entender as novas problemáticas que podem surgir a partir do isolamento social. Um bom exemplo disso são as redações online, assim como a operação remota de tantos outros negócios.

Mas, a nosso ver, é preciso também encontrar algumas saídas específicas, que vem surgindo do diálogo franco e da proximidade com os clientes. Do que eles precisam? Como melhor atendê-los? Essa é uma resposta que pode nortear o segundo semestre e, talvez, mudar definitivamente a dinâmica da sua empresa.

As saídas podem ser mais simples do que imaginamos

Em tempos de crise, muitas vezes, o que o cliente precisa é de uma empresa parceira, que entenda quais mudanças são possíveis ou não. E que tenha a disponibilidade de compreender expertises diferentes e necessidades reais, com flexibilidade. Aliás, ser inflexível, em um momento como o que estamos vivendo, pode ser um grande tiro no pé.

Nosso primeiro movimento, assim que a pandemia chegou ao Brasil e a necessidade de isolamento social se fez presente, foi questionar nossos clientes sobre as formas com as quais poderíamos ajuda-los – nem sempre aquilo que consideramos indispensável realmente é, quando estamos no dia a dia das operações.

E aí, foi preciso levar em conta a flexibilidade para aprender como seria a nossa nova realidade e como seria a nova realidade do cliente. Tivemos que realizar adaptações para os nossos times e para que os resultados continuassem chegando às empresas que apostam no nosso trabalho.

Flexibilidade, a saída possível quando o novo bate à porta

Com a pandemia, aprendemos a nos adaptar de forma ainda mais rápida, aprendemos que a segurança de dados é cada vez mais necessária, algo que estamos empenhados em realizar para garantir aos nossos clientes uma forma mais equilibrada de trabalhar com a informação, e a escolher pessoas cada vez mais adaptáveis para trabalhar conosco.

Certamente, o começo foi extremamente difícil, como acreditamos que tenha sido para todas as companhias, das menores às mais bem estruturadas. Mas, com esses mais de 4 meses de Coronavírus, aprendemos que entender o novo já não é acompanhar as mudanças, apenas, é promove-las, antes mesmo que se façam necessárias.

Por isso, acredite, estamos em plena construção, assim como você. E, para nós, a saída mais viável para toda crise é a adaptação, a compreensão de novas necessidades e a formatação de rotinas que sejam melhores para todos os formatos de trabalho. Como empresa de tecnologia, nós acreditamos que temos o que é necessário para garantir que os resultados aconteçam, mesmo com as mudanças que ainda virão.

E para você, quais foram os maiores aprendizados desses últimos quatro meses? Como está sendo o planejamento do segundo semestre e o que você ainda espera de 2020? Conta pra gente lá nas nossas redes sociais e nos ajude a tornar o mercado de comunicação cada vez mais fluído e justo para todos. Estamos juntos nessa caminhada rumo a um futuro melhor para a informação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}