Por que é importante saber quem leu seu release?

Por que é importante saber quem leu seu release?

Há muitos argumentos para defender a importância de saber quem abriu e leu seu e-mail com um release, mas, sem dúvidas, agilizar o processo é o mais forte de todos.

Saber quem leu ou não seu release é um passo essencial hoje em dia para iniciar o trabalho de follow up com o pé direito. Quem não concorda com esta afirmação é porque só faz ações de divulgações extremante direcionadas ou talvez nunca tenha tido um belo distribuidor de releases para chamar de seu.

A ferramenta de disparo de emails é indiscutivelmente a melhor amiga dos assessores de imprensa na hora de divulgar um release para um mailing de jornalistas.  Além de economizar horas de trabalho disparando manualmente e-mail por e-mail, este tipo de solução online permite ter conhecimento em poucos cliques de quem leu ou não.

E quais as vantagens disso? Muitas! Primeiro, vem uma certa “vaidade” de mensurar se o título do seu release (geralmente colocado no assunto do e-mail) foi bombástico ou catastrófico, em razão da quantidade de e-mails lidos pelo seu mailing. E a segunda é ter a possibilidade de analisar um por um quem viu seu e-mail, abriu para ler release, fez download de fotos, entre outros.

Com essas informações em mãos é bem mais inspirador começar o follow up e abordar diretamente jornalistas com maior potencial de interesse pelo assunto. As variáveis que fazem um jornalista abrir um e-mail são infinitas, mas se ele “gastou” alguns segundos que seja abrindo para ver do que se trata, há mais chances dele “gastar” alguns minutos ouvindo sua sugestão de pauta com mais detalhes ao telefone.

Assessores de imprensas mais céticos, aqueles com os pés bem fincados no chão, talvez digam “e daí, que fulano abriu meu e-mail? Pode ter sido até sem querer!”. Mas, vamos e venhamos, relacionamentos em geral começam todos de formas similares. E relacionamentos entre jornalistas e assessores não são diferentes: é mais fácil se aproximar de pessoas que ao menos direcionaram o olhar em nossa direção (e-mails, no caso) e notaram a nossa existência do que abordar pessoas que estão de costas e nem sequer notaram que estão sendo observadas, não?

Ferramentas de disparo de e-mails, além de agilizar o dia a dia dos assessores, são termômetro para saber se estamos no caminho certo para chamar a atenção dos jornalistas, com rotinas cada vez mais corridas nas redações.  Concorda? Conte para nós sua experiência com estas soluções online, assim todos aprendemos cada dia mais sobre o assunto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}