Organização, como ela te ajuda a lidar com o momento atual

Organização, como ela te ajuda a lidar com o momento atual

Não tá fácil para ninguém, não é mesmo? Mas incluir organização nas novas rotinas da quarentena pode nos ajudar a ter mais disciplina e criar outros processos. Como está esse assunto por aí?

Tudo mudou e parece que as nossas rotinas viraram do avesso, certo? E mesmo depois de mais de 40 dias de quarentena em muitas cidades do país, ainda tem quem se atrapalhe na hora de gerar novos processos. Acredite, só a organização salva. Mas como incluir uma nova forma de organizar a rotina depois de ter tanto movimento sendo realizado de forma compulsiva? Vamos tentar pensar juntos nesse assunto.

Talvez o primeiro grande ponto seja o tal sistema home office. Muita gente que ainda não tinha familiaridade com o trabalho à distância pode ter uma dificuldade ainda maior com a organização. E, trabalhando em casa, se não organizar, não acontece. É simples assim. Sabe aquela imagem ilusória, do trabalho de pijama e tomando um chazinho o dia todo. Então, ele simplesmente não funciona.

Mas algumas pessoas precisaram entender melhor como a organização funciona diferente quando se trabalha online. E pode ter passado por alguns desafios bem profundos na forma de ver o que considerava seguro e funcional. Como já falamos aqui, nós acreditamos que essa mudança não seja momentânea, mas uma nova maneira de se trabalhar, efetivamente.

Se organizar a rotina já é difícil, imagine a vida!

Ao olharmos para as mudanças que estão acontecendo, vemos que essa questão de rever sistemas e processos não está acontecendo apenas na relação empresa/colaboradores. Nas nossas casas, estamos tendo que trabalhar uma nova forma de organização.

Desde aquelas pessoas que ficaram sem trabalho e estão tendo que preencher seu tempo de forma inteligente e produtiva, no sentido de aprender a lidar com os novos tempos, até quem ampliou o trabalho e está tendo que cuidar para se desvincular do mundo workaholic. A rotina precisa ser adaptada de qualquer forma, e a organização entra aí como uma facilitadora dos processos.

Sim, se tem algo que a pandemia veio nos mostrar é o quão frágil era aquilo que a gente considerava super seguro. Emprego, sistema de transporte, garantias. Que garantias temos hoje? Se lembrarmos que estamos à mercê de um vírus invisível que pode estar em qualquer lugar, nenhuma, certo?

Mas organizar a vida é preciso

Então, o primeiro passo, na nossa opinião é: aceite o novo. Aceite o imponderável da vida. Aceite que a mudança não é momentânea e que as coisas não voltarão “ao normal” daqui um mês. Porque elas não vão.

Ninguém sai inalterado de uma situação tão drástica quanto de uma pandemia, especialmente em tempos de rede – se em séculos passados elas já eram destruidoras, e se viajava muito menos e se tinha muito menos informação sobre elas, imagine hoje! O novo Coronavírus literalmente viajou o mundo assim como nós estamos acostumados a fazer. Nossa aldeia global foi invadida e em questão de dias!

Então, se é inevitável conviver com a mudança, é preciso encontrar a organização em meio ao caos. Uma nova organização, mais alinhada com os objetivos pessoais e, claro, profissionais. Mais alinhada aos novos tempos. Mais condizente com as possibilidades. Mais conectada e atualizada. Mas ainda assim possível de ser realizada. Estamos todos juntos nessa jornada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}