O que vale mais em assessoria de imprensa: quantidade ou qualidade da informação?

  • plataforma completa de gestão online para Assessorias de Imprensa

    É necessário ter foco no resultado e poder de síntese para a Assessoria de imprensa emplacar boas pautas

    Tempo é um bem cada vez mais precioso, em especial, nas redações dos veículos de comunicação. Releases extensos e repletos de informações já não fazem mais sucesso entre os jornalistas de redação. Ter poder de síntese é estratégico, então, “encher linguiça” em releases nem pensar.

    Mesmo que os padrões de releases estejam cada vez mais flexíveis, é essencial falar logo a notícia que se quer emplacar para prender a atenção dos jornalistas. É quase uma loteria, com chances únicas de acerto. Uma entre milhares de e-mails enviados todos os dias para os jornalistas.

    Nessa batalha por bons resultados de assessoria de imprensa, menos é mais. “Ah, mas, e quando o cliente quer colocar mil informações num único texto?” Pense em alternativas. Parcele a pauta em várias divulgações. Negocie exclusivas e aí sim use o conteúdo todo de uma vez. Sugira inserir links para blogs ou portais do próprio cliente no release. Crie soluções, mas priorize qualidade e não quantidade.

    E qualidade vai além de textos bem escritos. Qualidade em jornalismo é informação que de fato é notícia e “vende jornal”. Antes de sair distribuindo releases pense se a pauta é importante, ou seja, tem qualidade para o seu cliente ou para o leitor dos veículos foco. Se for apenas para o seu cliente, repense a estratégia. Não perca seu tempo. Tempo é oneroso, inclusive para que quem está fora das redações!