Mailing de jornalistas: a base do bom trabalho de assessoria

Mailing de jornalistas: a base do bom trabalho de assessoria

Mailing de Jornalistas: Uma fonte impecável e dados consistentes podem ser imbatíveis, mas o mailing certo é a base de todo bom trabalho de assessoria de imprensa.

O mailing de jornalistas certo vale ouro. Sabemos que o trabalho de divulgação, hoje, pode ser feito de várias formas: empresas que fazem sua própria divulgação, marcas que contratam agências ou profissionais liberais, que investem em pulverização da informação, ou em segmentação de mídia. E, por mais que as redes sociais sejam responsáveis, hoje, por grande parte dos resultados de visibilidade das marcas, a mídia espontânea da imprensa ainda é imbatível. E não há como chegar na imprensa de uma forma assertiva sem um mailing bem feito.

Começando pelo que é primordial

“Ok”, você pode pensar, “e o que é um mailing de jornalistas bem feito?”. Alguns pontos a considerar:

  1. Um mailing de categoria é atualizado constantemente. Uma tarefa árdua, cansativa, bem ao estilo “formiguinha”, que não tem jeito (ainda) de ser informatizada: ligar nas redações e pedir o nome e os contatos de todo mundo. Geralmente, secretários de redação se encarregam disso e têm todos os contatos. Mas nem sempre. Quando o veículo é menor, a ponto de não ter um encarregado, mas grande, para tomar um dia de ligações de atualização, o trabalho é mesmo “no braço”;
  2. Um mailing “de peso” é bem elaborado. Isso quer dizer que ele tem que ser assertivo para quem busca a informação. Entram nesse pacote a segmentação, o tipo de informação e como as listas são geradas, se necessário. Encontrar um contato em um mailing pouco estruturado pode tomar bastante tempo, já que estamos falando em um panorama de, mais ou menos, 40 mil jornalistas no Brasil;
  3. O melhor mailing de todos é aquele que se adapta à necessidade do usuário. Assim como em qualquer sistema, não adianta ter dados incríveis que nunca podem ser encontrados ou que dificilmente serão usados. Ou seja, além da informação consistente e bem dividida, o mailing tem que levar em conta a usabilidade e, para isso, as empresas que comercializam mailings precisam estar muito antenadas e pareadas com seus mercados.

A cereja do bolo

A grande maioria das empresas que constroem mailing de jornalistas acabam oferecendo também ferramentas de envio de e-mails. É um caminho natural, já que você tem o queijo, por que não oferecer a faca? O único pecado que uma empresa pode cometer é exatamente o de esquecer de quem usa seu sistema e seus dados e, com isso, acabar tendo tudo para ajudar, mas na verdade acabar não funcionando como um facilitador no dia a dia.

Soluções completas como a Press Manager tem sido tendência em 2018, com recursos integrados a plataforma otimiza o tempo, gera resultados mais rápidos e possui custo x benefício atrativo. Quer saber mais? Clique Aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}