A linguagem certa para cada veículo

A linguagem certa para cada veículo

Cada nicho de mercado tem uma linguagem própria, uns mais formais, outros menos. Será que vale a pena criar releases diferentes? Como personalizar releases para que seja mais assertivo?

Ampliar resultados de divulgação é o que toda agência quer, certo? E nós sabemos que cada nicho de mercado, mais especificamente cada veículo, tem uma linguagem bem própria e uma linha editorial a seguir. Quando você dispara um release único, pode perder essas nuances que os diferentes editores observam em uma pauta. Mas, será que vale a pena investir em diferentes releases sobre um mesmo assunto?

A primeira grande questão a ser avaliada é o mailing. Vivemos um tempo em que as editorias já não são tão bem definidas quanto antes e o mesmo jornalista trabalha mais de um assunto. Muitos deles estão em diferentes mailings, o que faz com que disparar releases com diferentes pontos de vista, mas com um mesmo assunto, possa ser improdutivo. Até mesmo causar uma má impressão, por “parecer” se tratar do mesmo release, recebido mais de uma vez.

Claro que a questão da criatividade e da assertividade do texto e da chamada contam muito. Fotos também servem para diferenciar divulgações. Ainda assim, o risco de ser percebido da mesma forma existe, não podemos negar. Então, qual seriam as saídas? Conseguimos pensar em 3 principais:

Mailing vip

Contar com uma boa ferramenta de mailing é sempre um ótimo passo no seu planejamento estratégico de divulgação. Entretanto, é quase impossível manter um mailing 100% atualizado nos dias de hoje. E ainda existe a questão que citamos acima: invariavelmente, um mesmo jornalista estará em mais de uma editoria do mailing. Então, montar o seu próprio mailing vip, aquele que dialoga diretamente com o cliente, é uma opção para construir pautas mais específicas e personalizadas, com a linguagem mais assertiva para cada jornalista.

Divulgações mais pontuais

A partir do mailing vip, é possível construir divulgações mais pontuais, ou seja, que não são disparadas para mailing massificado, e que têm o tipo de informação que aquele jornalista, ou grupo de jornalistas, precisa. Trabalhar dessa forma exige um papo muito transparente com o cliente, que precisa entender o timing da divulgação. Sempre vai haver cliente que tem resultados rápidos, outros que levam mais tempo até “cativar” a mídia.

Conhecimento sobre o que o jornalista deseja

Como construir mailings vips e divulgações pontuais? Entendendo o que o jornalista quer, exatamente. E como fazer isso? Conversando com ele, pesquisando as matérias que já escreveu, criando uma inteligência de mercado a favor da divulgação. Nem toda agência tem esse tempo para trabalhar antes de enviar uma pauta – especialmente as pequenas ou quem trabalha como profissional liberal. Aqui, vale escolher uma estratégia e discutir com os clientes os melhores passos, para escolher a melhor linguagem a ser utilizada.

Se você tem outras estratégias que utiliza para ampliar resultados e quer contribuir para que o mercado se torne um ambiente cada vez melhor, mande sua sugestão pra gente! Quer dar sua opinião sobre o melhor tipo de divulgação? Estamos abertos para ouvir. Mande seu recado e nos ajude a melhorar o mercado de comunicação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}