Escrever bem é para todo mundo?

Escrever bem é para todo mundo?

Todo jornalista é “acusado” de escrever bem, como se isso fosse um dom natural. Mas do lado de cá sabemos que não é bem assim, não é mesmo? Veja algumas dicas para escrever bem.

Aqueles que não são da área de comunicação tendem a achar que escrever bem é quase um dom natural. Pensam que jornalistas já nasceram experts em escrever lindos textos e se expressar com facilidade por meio de belas palavras. Mas nós sabemos que a realidade não é bem assim, não é mesmo?

Claro que algumas pessoas têm mais facilidade do que outras de lidar com uma página em branco. Porém, não ter ideia nem como começar um texto é mais comum do que se imagina. Para virar esse jogo é importante considerar que escrever é um exercício, uma atividade como qualquer outra. Leva-se um tempo para escrever bem.

Há muitas técnicas para chegar ao ponto de realmente escrever bem, lembrando que o que é “bem” para uns, pode não ser para outros. Textos sempre são alvos de muitas críticas e é uma árdua tarefa agradar a todos. Não existe texto que não possa ser editado para ficar ainda mais perfeito. E cada texto é único!

Algumas técnicas para escrever bem

Veja abaixo um breve passo a passo rumo a bons textos:

  • A mais comum e difundida técnica para escrever bem é ler muito. Leia tudo que ver pela frente, não somente livros. Ler abre um leque criativo imenso, traz vocabulário e permite assimilar com mais naturalidade regras de ortografia e gramática.
  • Uma dica para driblar o “não sei por onde começar” é desencanar de começar o texto pelo primeiro parágrafo. Comece escrevendo aleatoriamente todas as informações que precisam ser escritas. Em qualquer ordem mesmo, como se fosse um download de tudo que está na sua cabeça. Depois abuse do copiar/colar do seu editor de textos e vá montando o quebra-cabeças que servirá de esqueleto para o seu texto. Ah, e o título bom é sempre a última parte.
  • Para saber se escreveu um bom texto, uma boa ideia é lê-lo em voz alta. Ler em voz alta facilita ajustar frases muito longas, identificar vírgulas e palavras faltantes, checar tempos verbais, cortar palavras repetidas, entre outros detalhes importantes.
  • Menos é mais no mundo da escrita. Não enrole, economize palavras. Se a dificuldade é falta de conteúdo, recomece o processo. Pesquise mais e consulte especialistas no tema. Faz parte do desafio de escrever apurar um conteúdo bacana e interessante.
  • Se você quiser saber mesmo se você foi claro em sua argumentação, compartilhe seu texto com alguém que desconhece o assunto. Se o que você quis dizer no seu texto foi compreendido por uma pessoa que não sabe nada do tema, então você se expressou bem.
  • E, para fechar, escreva sem compromisso. Escrever é uma atividade como outra qualquer. Quanto mais a praticarmos, melhor será o resultado. Então, se seu foco é mesmo escrever bem, comprometa-se a escrever com maior frequência e não apenas quando for necessário. Pratique! Escrever apenas “sob pressão” pode tornar a tarefa ainda mais sofrida sem necessidade. Boa sorte!

Envie sugestões de pauta para mais de 45.000 Jornalistas e Blogueiros, conheça o Mailing Imprensa Press Manager!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}