Como transformar uma empresa em fonte de jornalistas?

Como transformar uma empresa em fonte de jornalistas?

Nem todas as empresas possuem dados e novidades capazes de cavar boas pautas na imprensa. No caso, é a parceira sólida entre a empresa e o assessor é que a tornará fonte de notícias

Todas as empresas gostariam de ter visibilidade na imprensa e aparecer nas capas de jornais e homepages de portais. Isso é um fato. Mas será que todas têm potencial para ter toda essa notoriedade? Provavelmente não. Algumas podem ser boas fontes e referências para repórteres de redação.

Em linhas gerais, rendem belas pautas para os jornalistas aquelas empresas que possuem dados, pesquisas e novidades que de alguma maneira são notícias. São aquelas que possuem informações relevantes que podem interessar aos leitores de determinada mídia, seja um veículo de grande alcance ou segmentado.

Porém, há empresas que não possuem todo esse potencial para cavar pautas na mídia, mas, mesmo assim, gostariam de ter a mesma exposição. São aquelas que possuem muito know how em sua área de atuação, porém, não necessariamente tem novidades todos os meses para serem trabalhadas na mídia.

Mas o fato de não serem “geradoras de pautas” não quer dizer que a empresa não deve ter uma assessoria de imprensa, muito pelo contrário. Quando uma organização tem muita expertise em determinado assunto, ela pode ser fonte e referência de jornalistas.

Sabe quando um jornalista recebe, por exemplo, uma pesquisa de uma empresa e precisa de mais fontes dando seu parecer ou opinião sobre aqueles dados? Essa é uma forma de contribuir positivamente com pautas já existentes, mesmo que a fonte principal da pauta seja outra empresa.

Relação de parceria empresa-assessor

Para atuar dessa maneira, é necessário que o assessor de imprensa conheça muito bem seu cliente para mapear em quais casos e assuntos ele poderia emitir uma opinião e, assim, seus porta-vozes poderão se tornar referências, verdadeiras fontes de repórteres.

Entretanto, para isso, é muito importante que a empresa entenda a necessidade de estabelecer uma relação de parceria com o assessor de imprensa. Quando uma empresa exerce o papel de fonte, de autoridade em determinados assuntos, o assessor de imprensa precisa ser ainda mais próximo de seu cliente.

Nesse caso, simples reuniões de alinhamento semanais talvez não sejam suficientes. Pode ser que seja necessário que o assessor participe de reuniões internas de equipes, de treinamentos de funcionários e similares para saber exatamente qual é o conhecimento que a empresa possui.

Com isso, o assessor de imprensa saberá exatamente como oferecer os especialistas da empresa como fontes e assim cavar oportunidade para a empresa ter mais divulgações na imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}