Como ser notícia de imprensa

Como ser notícia de imprensa

Ah, se essa pergunta fosse fácil de responder e tivesse fórmula pronta. Não tem. Mas dá para seguir algumas regras básicas na hora de escolher a informação que vai divulgar e ter um pouco mais de possibilidades de ser notícia de imprensa.

Como ser notícia de imprensa? Já respondeu essa pergunta para algum de seus clientes? Ou já teve o direcionamento certo da sua agência de comunicação? Pois bem, vamos lembrar aqui um breve passo a passo na hora de escolher a informação e de construir a pauta. Pode ser que você já saiba de tudo, mas nunca é demais lembrar o melhor caminho, certo?

  1. Avalie que tipo de informação sua empresa gera e que realmente pode ser útil para seu consumidor. Coloque-se no lugar de quem vai ler o jornal/site/revista ou ver a matéria na tevê. Isso é realmente relevante? Ele mostra algo útil, novo ou que possa contribuir para o dia a dia da pessoa. Se respondeu sim a alguma dessas perguntas, tá valendo.
  2. No que você é inovador ou precursor? Essa é certamente sua melhor informação. Notícia, na concepção primeira da palavra, é aquilo que nunca foi falado, que não existe, que é fato novo. Claro que variações de uma mesma informação e dados complementares também são considerados notícia, mas lembre-se de buscar aquilo em que você realmente é bom e está inovando.
  3. Números falam sobre você, mas ajudam a desenhar o mercado e o futuro, então ajude os jornalistas com dados contundentes. Tem empresa que deseja muito ser notícia, mas não gosta (ou não pode, sabemos que há casos e casos) de divulgar números. Infelizmente, dependendo do veículo, eles são essenciais. Se estamos falando de empresa, negócios, mercado, não tem jeito, matéria tem que ser números.
  4. Divulgar produtos de uma forma que não seja comercial é, sim, possível. E de novo vale a dupla inovação e ineditismo. Se estiver condizente com esse conceito, vá fundo! O problema é achar que a divulgação de imprensa vai ser um coadjuvante do seu marketing e querer que divulguem que seu produto existe e é bom sem um bom motivo noticioso. Se ele for inédito, inovador, provocar alguma transformação no mercado ou mudar pra melhor a vida das pessoas, aí sim, ele será notícia.
  5. Escreva bem. A melhor coisa que existe para um jornalista é receber um texto bem escrito, que realmente tenha uma dica de notícia e que contenha o maior número possível de dados. Assim, ele consegue ter uma visão da matéria e também economiza tempo.
  6. Mande sua pauta para a pessoa certa. De nada adianta seguir todos os passos acima e ficar batendo na tecla errada. Um bom mailing vale ouro e ajuda a notícia a chegar em quem realmente precisa dela ou vai usá-la da melhor maneira.

Contribui com a gente para melhorar esse nosso mercado! Compartilha aqui alguma dica ou a sua opinião sobre o texto acima. Estamos totalmente ABERTOS para rever, discutir, incluir itens e até mesmo montar outros conteúdos sobre o tema! #tamojunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}