Comece 2019 com a notícia perfeita

  • plataforma completa de gestão online para Assessorias de Imprensa

    Mas e o que é uma notícia perfeita? Aquela que se encaixa perfeitamente com a necessidade de informação do seu público. Entender quem ele é e o que deseja saber é o melhor caminho para entregar a informação certa e ter retorno.

    Começar 2019 com a notícia perfeita é indispensável. Mas como entender qual é a notícia que o seu público realmente deseja. Muitos veículos novos, especialmente online, que surgiram nos últimos anos, tem mais dificuldade em entender exatamente qual é a informação que precisa chegar até seu público. Ao contrário dos blogs, que geralmente são bem focados, os sites de notícias, muitas vezes, acabam apostando em várias frentes, dissolvendo seu público e tentando chegar na maior quantidade possível de pessoas. Porém, nem sempre isso acontece, entenda o porquê.

    O consumidor de notícias pode ser tanto ou mais exigente que o consumidor de outros produtos. Sim, ver a notícia como um produto pode ser um bom começo para desenhar o público ao qual ela deve chegar. Mesmo os grandes veículos, que abrangem uma série de editorias e que, até algum tempo, supriam todas as necessidades de informação de seus leitores, acabaram sendo nichados, concorda? Estamos vivendo uma época de readequação da imprensa e talvez entender quem é o seu público seja mesmo o maior desafio.

    Pensemos em estratégias de marketing. Se uma ação é bem-feita do começo ao fim, mas peca da hora de desenhar seu público-alvo, está fadada ao insucesso. Saber com quem falar e, claro, como falar, é fundamental. Da mesma forma, por que o consumidor da notícia vai chegar ao seu site e não ir direto em uma mídia conhecida ou à grande imprensa? Nicho. Se você consegue fazê-lo entender que o que está construindo é especialmente para ele e é exatamente o que ele deseja, há grandes chances de fidelização.

    Comece 2019 com a notícia certa para o seu consumidor

    Descobrir quem é a persona, quem é o leitor que vai desejar ler a sua matéria, não é tarefa fácil. Se você está criando uma mídia, desenhe, primeiro, para quem ela é feita. Se você entrou em um veículo pronto, entenda para que ele fala, com quem ele dialoga, e se, por acaso, perceber que é preciso readequar, vá atrás disso. De nada adianta fazer a melhor cobertura se ninguém estará do outro lado para recebê-la, certo?

    É preciso que a pessoa certa seja impactada pela notícia certa. Para isso, a linguagem é fundamental – e você só vai conseguir dar o melhor tom se entender como seu leitor compreende o mundo e o que ele deseja. Vá atrás dessa informação. Ela será preciosa em 2019.