Cadê o resultado?

Cadê o resultado?

Clientes de todas as pontas da cadeia da comunicação concordam que os números de divulgações em formato convencional diminuíram. E aí, a gente pergunta: onde está o resultado?

Cadê o resultado de imprensa? Os números aí também caíram ou essa é só mais uma fake news? Por aqui, a história é a seguinte: clientes de todas as pontas da cadeia da comunicação concordam que os resultados diminuíram, de alguns anos para cá, não importando o quanto se esforcem para manter a frequência de pautas e publicações. Podemos enumerar alguns motivos para essa mudança:

  1. O aumento de conexão via redes sociais
  2. O enxugamento das redações
  3. A necessidade de maior agilidade no desenvolvimento de matérias
  4. A quantidade absurda de informação que precisa ser filtrada pelos pauteiros
  5. A confusão entre resultado de imprensa e resultado de vendas

Todos esses motivos acabam gerando uma diminuição nos investimentos em mídia espontânea, geram mais estresse de todos os lados e ajudaram, na nossa opinião, a diminuir resultados para clientes e agências. A saída é buscar modos alternativos de comunicar, investir pesado em redes sociais (até quando? Será? A longevidade das redes é um bom tema também, não acham?) e equalizar as necessidades dos clientes com as reais potencialidades de divulgação.

Dormir estressado pensando no relatório do fim do mês, quem nunca? Do lado de cá, a gente está sempre pensando em formas de ajudar e construir conteúdo para gerar discussão é uma delas, certamente. O que nos deixa um pouco de cabelo em pé, ultimamente, é que recebemos muitas reclamações sobre o mercado, mas poucas sugestões de mudança. Será que não estamos estagnados na fase da reclamação?

Afinal, onde está o resultado?

Alguém aí é capaz de nos responder como tem feito para driblar a crise da comunicação? Sim, porque toda crise é, no fim, um movimento de mudança. Ficar como estava não ia dar, a gente sabe, e para mudar é preciso sair da zona de conforto. Então, estamos em crise, concordam? Na nossa opinião, uma crise produtiva, que está gerando a busca de soluções e movimentando o mercado. Mas ainda assim, a necessidade de resultado não dorme no ponto. Como você está fazendo para superá-la?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}