Ainda há quem confunda assessoria de imprensa com publicidade?

Ainda há quem confunda assessoria de imprensa com publicidade?

Ok que as empresas contratam serviços de assessoria de imprensa em busca de resultados melhores para os negócios. Mas como fazer com que assessoria não seja confundida com publicidade?

Confundir assessoria de imprensa com publicidade, por incrível que pareça, ainda é uma tônica comum para muitas empresas. Sabe-se que o objetivo das empresas ao contratar um serviço de assessoria de imprensa é sempre obter melhores resultados, atrair novos clientes e aumentar faturamento. É mais do que óbvio que nenhum executivo em sã consciência iria investir em uma estratégia de comunicação em vão. Porém, é importante ter clareza do resultado esperado e não confundir assessoria de imprensa com publicidade.

Publicidade é um espaço pago em que a empresa anunciante pode incluir todas as informações que quiser, do jeito que bem entender. Já o universo de jornalismo e assessoria é uma seara bem diferente. O assessor de imprensa compartilha com os jornalistas o conteúdo da empresa e o jornalista, que sem receber nada por isso, faz uso das informações e da forma que melhor fizer sentido para sua pauta. Aliás, o jornalista tem inclusive o direito de simplesmente decidir não citar uma empresa, mesmo que tenha entrevistado uma fonte. Qual assessor nunca ouviu cliente reclamar que não “foi bem isso que eu disse” ou que só saiu uma linha? É a tal “liberdade de imprensa”…. já ouviu falar dela, né?

As diferenças entre assessoria de imprensa e publicidade

Em linhas gerais: há dois motivos que diferem assessoria de imprensa de publicidade. Uma é que assessoria é uma ação sem vínculo entre as partes, conforme falamos há pouco. Outra é que o tipo de resultado que pode ser obtido é bem diferente. Assessoria de imprensa, diferentemente de publicidade, raramente traz resultados imediatos no faturamento. É uma ação de médio e longo prazo, um trabalho que leva tempo para que o impacto seja de fato sentido.

Aos poucos a empresa se torna fonte de matérias jornalísticas e o público-alvo acaba tendo contato indireto com a marca. E assim torna-se referência em sua área de atuação e é lembrada quando o consumidor precisa determinado serviço ou produto. Numa comparação bem simplista, é de certa forma uma “campanha” institucional, com foco em fortalecimento da marca.

Por essas e outras razões é que ao se contratar um serviço de assessoria de imprensa é vital ter clareza do que se quer. Para fechar, vamos aqui usar como exemplo uma sorveteria. Sua empresa quer aumentar as vendas de sorvete ou que as pessoas lembrem da marca de uma sorveteria quando quiserem tomar um delicioso sorvete? Se quiser vender sorvete, contrate uma agência de publicidade. Se quer se aproximar dos clientes em potencial, contrate uma agência de comunicação. Combinado?

Soluções completas como a Press Manager tem sido tendência em 2018, com recursos integrados a plataforma otimiza o tempo, gera resultados mais rápidos e possui custo x benefício atrativo. Quer saber mais? Clique Aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}