3 passos para melhorar performance nas redes sociais

  • plataforma completa de gestão online para Assessorias de Imprensa

    Redes sociais são mutantes e cada dia que passa uma novidade entra na moda. Mas como acompanhar essa comunicação tão dinâmica? Sabia que há 3 pontos que não mudam e sempre estão em alta?

     As redes sociais são extremamente dinâmicas, o que fazia sucesso ontem, hoje já não rende muitos views. Para se manter atualizado e ter sucesso na divulgação de notícias de uma empresa por meio de canais como Facebook, Instagram e Youtube é primordial estar sempre antenado com as tendências do momento, mas há alguns pontos de atenção que nunca saem de moda e requerem atenção.

     Conheça seu público

    Redes sociais não são plataformas eficientes quando uma empresa não tem clareza com quem falar isso é fato. E o motivo é basicamente um só. Cada público marca mais presença em uma rede do que outra. Cada perfil de consumidor será impactado por um tipo de conteúdo e mensagem. O que serve para um para não emociona outro e assim por diante. Com isso, a nossa primeira dica é tenha muita clareza quem consome os produtos ou serviços do seu cliente e como seria a maneira mais certeira que a comunicação por este canal traga resultados positivos.

    Gere conteúdo de qualidade

    Além de ter ciência de com quem se quer falar, vale muito a pena produzir conteúdo de qualidade, aquele capaz de gerar engajamento. Para isso, é importante contar com profissionais especializados para criar sempre mensagens criativas e que consigam prender a atenção do público alvo. E mais: não adianta que as mensagens só falem dos produtos e serviços da empresa. Aqui o caminho é pensar nos temas que podem estabelecer vínculos e referências com os seguidores, com uma “identidade” clara e evidente para que quando queira acessar determinado tipo de conteúdo saiba onde encontrá-lo.

    Imagens que valem curtidas

    Por outro lado, há redes sociais que fazer “textão” não cola. É o caso do Instagram e do Pinterest, por exemplo. Há espaços para textos com mais informações do que são transmitidas nas imagens, porém se o que é visto não chama a atenção o texto perde a relevância e as pessoa seguem para a próxima postagem. E ai entra aquela questão de que quanto menos as pessoas interagem com uma marca, menos ela é exibida em timelines, o que faz perder evidentemente visibilidade e potencial de relacionamento.

    Concorda que esses três pontos já estão consolidados em processos de comunicação por meio de redes sociais? Esquecemos de algo que você acha essencial e que não muda? Conte para gente!