3 dicas para ser mais adaptável na rotina

3 dicas para ser mais adaptável na rotina

Muita gente mudou o sistema de trabalho e está se debatendo porque trabalhavam de uma forma antiga, sem gestão. Ser adaptável se tornou a palavra de ordem. Mas, como fazer essa transição sem perder tanto? Nós reunimos aqui 3 dicas que podem ajudar a ser mais maleáveis com a rotina de trabalho e fazer a roda girar.

A grande verdade é: quem trabalha sem um sistema de gestão, teve mais dificuldade de se adaptar a esse novo momento. Ser adaptável se tornou uma qualidade mais positiva ainda, porque quem tinha essa possibilidade de mudar rapidamente seus processos, saiu na frente. Não era o seu caso? Não se preocupe, nós fomos atrás de 3 dicas quem podem ajudar nessa transição. Veja:

  1. Planejamento aberto

Não posso mais ter planejamento? Deve. Mas o próprio planejamento deve ser adaptável. Sabe aquela coisa de planejar seis meses de divulgações, com base nos dados e nas informações pré-existentes do cliente? Esqueça. Está tudo mudando a cada semana, a cada nova data de isolamento, a cada nova necessidade local – abrir comércio, obrigar o uso de máscaras, proibir as reuniões e o contato pessoal. Como dizia a personagem de uma famosa novela da tevê brasileira: cada dia é um flash! Então, fique atento a isso – construa um planejamento, mas deixe ele minimamente aberto e esteja atento às mudanças da imprensa, da legislação e da política. Mesmo que seu mercado nada tenha a ver com isso, ele certamente será impactado e isso pode mudar totalmente suas pautas.

  1. Ser mais proativo na construção da pauta

Como já falamos aqui, se antes podíamos sobreviver recebendo dados do cliente e transformando essas informações em pauta, agora é hora de sermos mais proativos. Adaptável, lembra? Talvez, os dados do cliente, o eu ele faz, seus produtos e serviços, já não tenham tanta importância nesse momento, e as divulgações usuais precisem aguardar o desenrolar desse momento histórico e social. Então, devo parar o trabalho? Não necessariamente. Pode ser que o cliente tenha informação relevante e ele nem saiba. Por exemplo: como ele está lidando com a pandemia? Quais as atitudes que tomou com seus colaboradores? Está ajudando, de alguma forma, quem mais precisa? Participa de algum projeto social ou teve alguma iniciativa nesse sentido? Teve que se adaptar à tecnologia? A novos processos? Perdeu mercado com isso, ou ganhou??? Tudo pode virar pauta, mas, talvez, o viés seja totalmente diferente e é você quem vai descobrir isso.

  1. Estar aberto às necessidades dos veículos

Uma coisa é verdade, a imprensa também se tornou mais adaptável. Quem nunca tinha falado sobre saúde, teve que abrir espaço para isso, programas que falavam de entretenimento e esportes deram lugar a outros assuntos, que podem ajudar o público nesse momento. Então, entender a necessidade da imprensa se tornou ainda mais importante do que já era. Mesmo aqueles jornalistas com quem você já estava acostumado a tratar podem ter mudado a sua realidade, a sua necessidade, e cabe a você procurar entender essa nova instância da notícia. Para, então, construir pautas que realmente farão diferença e poderão se tornar matérias. E seu cliente poderá, também, ter espaço par contar suas experiências e expertise. É preciso se adaptar, em todos os sentidos.

Conta pra gente se essas dicas te ajudaram, se elas já faziam parte da sua empresa ou se tem mais alguma que você possa compartilhar e ajudar a vida de outras empresas. Juntos, conseguiremos fazer o mercado seguir e melhorar a cada dia mais. Conte conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}