3 dicas para que seu discurso seja coerente

3 dicas para que seu discurso seja coerente

Sabe quando você se comunica de um jeito hoje e vai por um viés totalmente contrário amanhã? Seu mercado entende isso e percebe sua incoerência, um fator totalmente negativo para a imagem de uma companhia. Saiba os motivos e como mudar esse panorama.

 Ter um discurso coerente é o mínimo que uma companhia pode fazer para mostrar. Essa postura mostra solidez e relevância, além de destacar um cuidado especial com seu público alvo. Porém, muitas vezes, negligenciarmos o todo de nossa história e, também, o foco que desejamos na nossa comunicação.

E assim vamos seguindo com as oscilações de mercado e esquecemos de manter, exatamente, a coerência. Pode parecer que estamos seguindo movimentos exigidos pelo mercado, mas, acredite, essa é uma forma totalmente inadequada de mostrar quem você é.

Pessoas se identificam com histórias. Contar a sua história, os valores da sua marca e quais os seus objetivos enquanto empresa tornam a proximidade com seu público ainda maior. Empresas oscilantes costumam, também, atrair mercados consumidores oscilantes, ou seja, deixam de fidelizar.

Sabemos que uma empresa coerente se mantém no tempo e consegue construir um relacionamento mais sólido com seu público. Se a fidelização na área de vendas, por exemplo, é um objetivo a ser atingido, precisamos saber que ela começa na comunicação.

Comunicar com coerência é o mínimo que você pode fazer

Construir um discurso e seguir observando seus valores e sua visão de mercado é fundamental para estreitar laços com o consumidor da sua mensagem. E como fazer isso? Reunimos, aqui, três dicas básicas que podem ajudar muito a manter a coerência dentro da sua comunicação:

  1. Conheça sua própria história

Se a própria empresa e quem trabalha com ela não conhece sua história, como contar essa uma trajetória de forma coerente para seu consumidor? Empresas são feitas de ideias, de esforço e de pessoas. Comunicar com clareza quem se é torna uma marca mais vulnerável e mais humana. E precisamos de empresas mais humanas em tempos tão áridos.

  1. Construa planos de comunicação

Você sabe os objetivos reais da sua comunicação? De que forma você quer atingir seu mercado? Como as pessoas podem ser impactadas positivamente pelo que sua empresa faz? Quando você pensa nessas questões e constrói planos de comunicação coerentes com as respostas, tem uma forma mais sólida e perene de comunicar. É claro que mudanças podem e precisam ocorrer, já que o mercado também está em constante mudança. Mas seu plano deve ser a linha mestra para ajudar a manter, exatamente, a coerência na sua comunicação.

  1. Mantenha seus valores

Mesmo com as oscilações de mercado, crises e mudanças, os valores de uma empresa são o que ela tem de mais precioso. Você identifica e comunica quais são os valores reais da sua companhia? De que forma ela vê seu mercado e quer impactar as pessoas para quem comunica? Apesar do formato “visão-missão-valores” estar um pouco em desuso, essas informações continuam sendo o coração da sua empresa. Ter coerência com quem você queria ser desde que sua marca nasceu é fundamental para que seu mercado entenda quem você é e opte por estar ao seu lado por mais tempo.

Como falamos acima, consumidores se identificam com histórias genuínas e reconhecem marcas que demonstram solidez. Um discurso coerente ajuda a realizar esse objetivo e a manter o contato direto com quem mais importa para você, seu público-alvo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}