3 dicas para melhorar performance na imprensa

3 dicas para melhorar performance na imprensa

Existe um jeito de melhorar performance na imprensa sem ficar implorando para os jornalistas publicarem suas pautas? Sim, basta ter informação real, ser objetivo e focar naquilo que a redação precisa. Pequenas mudanças podem provocar grandes resultados.

Cada vez mais, queremos performance na imprensa e temos menos tempo para atingir resultados. O que funciona para algumas empresas, não necessariamente é benéfico para outras. Mas existem alguns itens que podem ser usados por todos para aumentar resultados. Pequenas mudanças, mas que são muito bem vistas pela imprensa. Confira as dicas:

  1. Faça textos curtos

Sabe aquela história de que ninguém tem muito tempo para ler, hoje em dia? Então, ela é muito verdadeira, especialmente quando falamos de centenas de e-mails em uma caixa de entrada. Aposte em textos curtos, com a informação mais importante já no lead. Pode parecer básico falar isso, mas muita gente acaba esquecendo da velha e poderosa fórmula de responder as perguntas básicas já no primeiro parágrafo: o que, quem, onde, quando e por que. Faça isso, volte ao básico e veja a mágica acontecer.

  1. Busque a verdadeira notícia

Tem cliente que quer divulgação toda semana. E tudo bem, contanto que ele saiba que nem todas elas terão força e informação suficientes para serem publicadas, ao menos não pelos veículos considerados mais importantes. Um bom serviço de assessoria de imprensa passa pelo crivo do que o público a ser atingido acha realmente importante. O que não impede de lembrar constantemente a imprensa de que seu cliente existe e que ele pode repercutir determinados assuntos. Então, lembre-se: algumas divulgações serão apenas para estar em dia com os contatos. Outras, terão força para serem transformadas em matérias. Dito isso, foco e vá em frente.

  1. Saiba o que o jornalista realmente precisa

Sabe quando a gente está em um relacionamento e fica oferecendo flores, enquanto a pessoa, na verdade, preferia receber chocolates? Pois acontece o mesmo na hora de oferecer informação. Muita gente segue regras e vai no piloto automático, sem pensar se o que está enviando ao jornalista é o que ele realmente deseja. Separar um tempo para um follow-up de aproximação, para entender o que aquela pessoa realmente precisa para ter seu trabalho otimizado, é uma questão de empatia e profissionalismo. Saiba o que o jornalista precisa e quer e invista nisso. Vai ser seu melhor follow-up, acredite.

Melhorar performance na imprensa é uma equação simples: de nada adianta fazer movimentos absurdos e malabarismos, se o que você oferece não é o que o jornalista precisa. Então, cuidado com a forma com o que vai enviar, preocupe-se mais com a qualidade e menos com a quantidade e converse com seu cliente, para que ele esteja ciente dessa realidade. Ambos terão menos dores de cabeça e mais surpresas boas, ao ver estratégias concretas dando certo e muita matéria boa por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}