3 dicas para entender exatamente para quem você deve divulgar

3 dicas para entender exatamente para quem você deve divulgar

Estamos vivendo um tempo em que a qualidade está sendo cada vez mais importante do que a quantidade. Empresas que usam apenas dados quantitativos para medir resultados de divulgação acabam gastando muito do seu esforço em mídias que não necessariamente trazem o retorno esperado. Como resolver? Separamos 3 dicas para que você possa entender exatamente para quem deve divulgar.

  1. Quando a pauta tem amplitude nacional

Uma inovação, uma mudança de mercado, um lançamento que abranja o país todo, uma fusão/aquisição, algo que vai realmente fazer diferença na vida de todo mundo. Pense nessas possibilidades como oportunidades de atingir mídias maiores, que divulgam com abrangência nacional. Quem tem uma notícia dessas em mãos pode – e deve – apostar alto e tentar uma exclusiva. Talvez alguém se interesse em sair na frente e divulgar em primeira mão. Use essa estratégia antes de pulverizar a notícia, construa um mailing VIP, daqueles que só quem entende muito bem do assunto consegue ter, e mãos à obra! (e tem uma ferramenta como a Press Manager como aliada, claro!)

  1. Quando a pauta é local

Um evento, um lançamento em uma região específica, algo relacionado ao mercado local ou uma notícia que vá impactar o público de uma região não vai interessar às mídias nacionais. Então, você até pode usar a estratégia que citamos acima, mas vai ter que escolher a dedo os veículos que são importantes para aquele recorte de público. Ainda dá para tentar uma exclusiva – com o maior jornal da região, por exemplo, e até uma cobertura no dia, no caso de um evento, lançamento ou algo do tipo. O que muda? Ter em mãos os melhores veículos para aquele público. Entra aí, mais uma vez, um mailing estratégico – pode contar conosco para isso!

  1. Quando a pauta é de produto

Vamos falar de produto para ficar mais claro, mas aqui pode ser um serviço novo, um curso online, algo que precise de muita divulgação em pouco tempo, para ajudar, por exemplo, em vendas. Aí, apesar de não ser o objetivo primordial da divulgação de imprensa, a pulverização da informação pode ajudar. Ainda assim, escolher o mailing certo é muito importante – separe as editorias, os jornalistas e os blogs e redes sociais que realmente estejam conectados àquele assunto. Assim você tem mais chances de ser melhor recebido e, claro, publicado.

Claro que existem outras particularidades da divulgação – conta aqui se você quer que a gente continue essa série, mas essas três já podem dar um norte e mudar seu planejamento estratégico. E lembre-se: cada vez mais, é importante sinalizar para o cliente que os resultados nem sempre virão de uma mesma fonte. É preciso diversificar e entender para que público aquela notícia será perfeita.

Conte conosco para ajudar na informatização dos seus processos. Quer saber como? Mande seu e-mail aqui embaixo ou escreve pra gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}