3 dicas para aproveitar melhor o mailing

3 dicas para aproveitar melhor o mailing

Ter uma boa ferramenta de mailing pode não ser suficiente para conseguir emplacar suas pautas. Ter uma estratégia assertiva para utilizar melhor seus contatos é fundamental para garantir resultados mais positivos. Por isso, reunimos algumas dicas que podem ajudar a aproveitar ainda mais sua ferramenta de mailing. Confira!

O que mais recebemos aqui na Press Manager são empresas e profissionais que já contrataram mailing, que usaram as ferramentas, mas que não notaram grandes mudanças em seus resultados. Isso pode acontecer por várias razões, desde a formatação e a segmentação da ferramenta, até a utilização dos contatos pelos assessores. Por isso, fomos atrás de 3 dicas preciosas para ajudar a aproveitar melhor a ferramenta de mailing e não perder mais tempo e dinheiro. Confira:

  1. Conheça a ferramenta

Muita gente contrata o mailing e acaba usando apenas o básico do básico dos contatos. Ou seja, não conhece a fundo a ferramenta, não sabe todas as suas funcionalidades, não amplia a forma de aproveitamento. Se você contrata o mailing, aproveite para conhecer tudo que ele pode oferecer – entenda, peça ajuda, se necessário, e comece a usar de forma mais abrangente os contatos que têm à sua disposição. O mailing é a ferramenta mais poderosa de um assessor e muitos trabalham sem a possibilidade de contar com um que seja, por exemplo, atualizado em tempo real. Se você tem essa disponibilidade, use a abuse dos seus contatos. São eles que vão fazer a diferença no relatório final.

  1. Trace estratégias específicas

Conhece os contatos, as segmentações e os interesses dos jornalistas que estão na sua lista? Então, é hora de traçar estratégias especiais para cada um deles. Pense em pautas diferentes para veículos eletrônicos – pautas para rádio e tevê precisam ser muito bem desenhadas para emplacarem – impressos, online. Cada um deles tem suas particularidades, que podem ser muito bem aproveitadas. Um mailing pode ter muito mais função se for visto exatamente como uma ferramenta para estratégias específicas e não genéricas. E sabemos que pautas exclusivas ou, ao menos, desenhadas especialmente para determinados tipos de veículos, tem uma aceitação muito maior. Então, mãos à obra!

  1. Estude o mailing e aperfeiçoe-o com o seu próprio conhecimento

Um mailing não é e não pode ser uma ferramenta estática. Se você contrata um mailing fechado, ou seja, uma lista de jornalistas apenas, precisa, a partir dela, começar a criar a sua própria estratégia de ampliação. Se o seu mailing é atualizado de forma constante, como acontece com a ferramenta oferecida aqui na Press Manager, que traz inclusive a data da última atualização, ainda assim dá para contribuir com a ampliação e com a assertividade dos contatos. O mercado muda tanto, que precisamos estar muito atentos e conectados para garantir que a atualização aconteça no tempo mais real possível. Por isso, somos parceiros de nossos clientes, estamos sempre trabalhando em conjunto, abrimos nosso mailing para sugestões, inserções e necessidades de mudança.

Depois de ter ampliado a utilização da ferramenta que você tem, é hora de fazer do mailing o seu maior aliado. Não deixe de interagir com o jornalista, de pensar em pautas estratégicas para veículos e de contribuir com o mercado. Esses podem ser seus grandes diferenciais, que vão torná-lo único e procurado pelos jornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.pressmanager.com.br/wp-content/uploads/2017/07/login-page-3.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: fixed;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container.dfd_stun_header_vertical_parallax {-webkit-transform: -webkit-translate3d(0,0,0) !important;-moz-transform: -moz-translate3d(0,0,0) !important;-ms-transform: -ms-translate3d(0,0,0) !important;-o-transform: -o-translate3d(0,0,0) !important;transform: translate3d(0,0,0) !important;}